8º Revoluções na Terra… Guga

NOME COMPLETO: GUSTAVO KUERTEN
NASCIMENTO: 10 DE SETEMBRO DE 1976, EM
FLORIANÓPOLIS, BRASIL
ALTURA: 1,90M
PESO: 83
DESTRO (BACKHAND DE UMA MÃO) 
ANO EM QUE SE PROFISSIONALIZOU: 1995
TÍTULOS NA CARREIRA: 20
PREMIAÇÃO NA CARREIRA (ATÉ 2010): US$14,807,000

TÍTULOS DESDE 2001 ATÉ 2010: 
10 (1 GRAND SLAM E 2 MASTERS 1000)

O QUE APRENDEMOS COM KUERTEN?

- Não é porque você é um jogador de saibro que precisa jogar sempre conservadoramente. Seja agressivo. Não espere que o oponente erre. Busque a definição dos pontos;

- Se você tem golpes potentes e coloca seus adversários correndo bem atrás da linha de base, experimente dar curti nhas;

- Construa o ponto na cruzada e defina na paralela;

- Caso seu estilo seja voltado para o saibro, é, sim, possível adaptá-lo às quadras rápidas, mas saiba que não será fácil e exigirá bastante rigor técnico;

- Varie bem as jogadas. Tente ângulos. Use um saque-e-voleio no segundo saque. Não deixe que seu adversário acostume com seu padrão de jogo;

- Tenha um bom saque e domine os pontos na segunda bola. Faça os rivais correrem para você não precisar correr;

DURANTE OS ANOS DE 1990, A ESCOLA ESPANHOLA determinava a maneira de se jogar tênis em quadras de saibro. Os espanhóis baseavam seu jogo em uma movimentação alucinante no fundo de quadra, contragolpes perfeitos, em uma tática conservadora que dava resultado.

No entanto, em 1997, um brasileiro de cabelos desalinhados, visual espalhafatoso, roupas coloridas e muito carisma resolveu reescrever a maneira como se jogava sobre a terra batida. Ao vencer Roland Garros com seu jogo agressivo, Gustavo Kuerten, aos 21 anos, moldou o que viria a ser o estilo usado nessa superfície daí em diante.

Seus golpes ofensivos colocaram no passado o estilo defensivo e conservador que grassava até o final dos anos 1990. Ao vencer por duas vezes consecutivas o Aberto da França (em 2000 e 2001) e se firmar como tenista número um do mundo, Guga reinventou o jogo, colocando a agressividade como elemento preponderante também no saibro.

Kuerten baseou seu estilo em um saque implacável e em dois poderosos e vencedores golpes de base: o forehand (com que dominava e definia os pontos, sem dar chances nas bolas que sobravam no meio da quadra) e o backhand de esquerda com uma mão (considerado o melhor golpe de sua geração, em especial a esquerda na paralela, que surpreendia e machucava muito os adversários). Aliado a tudo isso, percebendo que seus oponentes ficavam acuados no fundo da quadra, ele desenvolveu curtinhas de deixar qualquer adversário envergonhado.

Foi assim que Guga conseguiu se tornar o segundo sul-americano número um do mundo, em dezembro do ano 2000, e um dos tenistas mais carismáticos do circuito. Apesar do jogo perfeito para o saibro, o brasileiro não ficou restrito somente a essa superfície, adaptando seu jogo às quadras rápidas e conquistando resultados impressionantes. Quem não se lembra da Masters Cup de 2000, em Lisboa (jogada em quadra rápida), quando derrotou Pete Sampras (na semifinal) e Andre Agassi (na decisão) para ser número um.

Maior nome do tênis masculino brasileiro, Guga sofreu com um grave problema na cartilagem do quadril, o que o levou a duas operações e, mais tarde, à aposentadoria. No entanto, seu legado para o tênis deve perdurar por gerações.

Agência de Marketing Digital bh Desenvolvido por 2CK Agência de Marketing Digital criacao de site bh criacao de loja virtual bh